Como vencer a procrastinação?



Oi, pessoal! No último post falamos sobre planejamento e agora que você organizou minimamente o seu estudo é hora de executá-lo.


É neste momento que pode surgir a procrastinação e com ela a ansiedade, pois quando olhamos para o todo é difícil imaginar o objetivo alcançado. O conteúdo programático previsto no edital do concurso pode parecer invencível.


É bem comum a ansiedade se mostrar e nos paralisar, sendo importante o planejamento e o estabelecimento das matérias que serão estudadas por dia, por ex.: segunda-feira: Direito

Constitucional e Direito Administrativo, terça-feira: Direito Civil e Processo Civil, etc.


Além disso, é necessário determinar as atividades que serão realizadas, tais como: primeiro a leitura da lei seca, segundo o estudo da jurisprudência, depois a realização de exercícios.


Para cada atividade executada coloque um check. Ele irá te motivar com a sensação de missão cumprida e um novo ânimo para realizar a próxima atividade.


Planejando desta forma você não precisará esperar a motivação. Você simplesmente acordará e fará o que tem que ser feito! Vencerá a procrastinação e perceberá a ansiedade diminuindo.


Não podemos esperar ter motivação todos os dias. Quando se fala em estudo para concurso público pode demorar um ano, dois, três ou seis anos para você alcançar o seu objetivo. É um planejamento diferente daquele de curto prazo, em que é mais fácil você permanecer motivado e animado.


Em uma pesquisa que eu fiz no Instagram, 85% das pessoas responderam que acreditam que cumprindo os objetivos diários se sentiriam menos ansiosas, ou seja, cumprir pequenas metas diariamente só trará benefícios para você (se você ainda não me segue por lá é @patriciacpaulo).


Além do planejamento diário, estabeleça a meta de forma semanal, como estudar 30h semanais. Sendo cumprido este objetivo, defina recompensas, ex.: vencendo as 30h semanais de segunda a sexta, no fim de semana você não pensará em estudo ou, ainda, vencendo a meta diária de 6h de estudo você aproveitará para assistir um filme ou uma série.


Não pense em tentar ultrapassar as metas diárias ou semanais, uma vez que estamos falando de um objetivo a longo prazo e dar o seu máximo durante muito tempo pode causar fadiga e desânimo. Já quando o edital for lançado, naqueles dois/três meses que antecedem a prova é o momento de você potencializar ao máximo o seu estudo.

 

Perceba que ao cumprir as metas diárias, depois as metas semanais, o mês terá sido extremamente produtivo e você terminará o ano com a sensação de missão cumprida, por isso tenha um calendário de controle do atingimento das suas metas com o check. É importante você visualizar o seu comprometimento e sucesso.


Ressalto que o número de 30h semanais usado é exemplificativo, pois as horas diárias e semanais devem ser estabelecidas de forma muito individual, dependendo muito da sua situação. Se você trabalha ou não, se tem filhos, se mora sozinho, será necessário adaptar a sua rotina conforme as suas possibilidades.


Por fim, não estabeleça metas impossíveis, uma vez que não realizadas causarão desmotivação, mas também não estabeleça metas confortáveis, pois, então, você permanecerá no raso.    


"O planejamento efetivo, por outro lado, prepara você para o sucesso. Ele considera os pequenos passos diários e traduz a ideia de ser implacável em evitar ou limitar tarefas que não fornecem muito valor” Lilian Soares


Até mais!

Leia mais Conteúdos da Colunista Patrícia:


470 visualizações

Rezende & Gonçalves Cursos Ltda. 

CNPJ 33.026.198/0001-31

Rua Rio Grande do Norte, n 1436, sala 1409 - Funcionários - Belo Horizonte/MG

apoio@marianagoncalves.com.br

Contato para suporte: (31)99928-7004

Ler políticas de troca, devolução e reembolso dos Cursos online