• Camila Masera

Todos enfrentam batalhas na advocacia.



Pedro saiu da faculdade e já ocupou uma super sala no renomado escritório do pai. “Com um pai desses, até eu!”. Lucas, após 2 anos de advocacia, comprou um carro importado. “Ah, aposto que se endividou pra comprá-lo!”. Patricia sempre foi muito bonita. Em uma entrevista para ocupar uma vaga de Advogada Junior, se destacou entre os candidatos e conseguiu o emprego. “Ah, aposto que ela só conseguiu por conta dos olhos azuis”. Muitas pessoas têm, de fato, a tendência em justificar as conquistas das outras com base em circunstâncias aleatórias, que não o próprio mérito delas.

Pedro é filho do advogado mais famoso da cidade, mas sofre muita pressão para ocupar o lugar em que hoje exerce sua profissão. Pedro estuda, se capacita e se atualiza, diariamente, porque ama o que faz e porque luta para dar orgulho ao pai.

Lucas se comprometeu a não gastar com supérfluos por dois anos, não viajou com a família, deixava de sair com os amigos e investiu 45% dos honorários que recebeu, no mesmo período, a fim de que pudesse realizar o sonho do carro importado, dois anos depois do primeiro investimento. Comprou o veículo à vista, com seus próprios recursos.

Patricia, por vezes, precisou quebrar o tabu de que mulheres bonitas não são inteligentes, ou não gostam de trabalhar. Sempre foi muito dedicada aos estudos e tirava as melhores notas na faculdade. Pela sua competência, foi escolhida entre os candidatos.

Na vida, na carreira, no trabalho, ou em qualquer aspecto da vida, algumas pessoas parecerão ter mais “sorte” que as outras. Só que, repare bem: essa “sorte” sempre encontra aqueles que unem o esforço à oportunidade.

Ei, o fato de ter sido mais fácil pra uns não significa, necessariamente, que será mais difícil pra você. Se você focar em justificar a conquista do outro, se esquecerá de buscar a sua própria vitória.

Ao invés de questionar o PORQUÊ daquele alguém ter conquistado algo, reflita COMO ele alcançou determinado objetivo. Isso sim pode te inspirar a buscar o que é destinado para ser seu, e não do outro.

O sonho que você não realiza está na decisão que você não toma e na boca que você não fecha. Ouch! 💥 Uma “palmada” com carinho, ok? Partiu trabalhar?


Gostou do conteúdo? Não esqueça de clicar no ❤️pois é muito importante pra gente!

#vidadeadvogada#vidadeadvogada #direitodefamília#advocaciafamiliarista #teamadvocacia#teamadvocacia

Conheça Camila Masera.


Continue lendo:

169 visualizações