4 Dicas para você administrar melhor o seu escritório.

Atualizado: Mar 5


Administrar um escritório de advocacia não é tarefa fácil para ninguém, independente do tamanho do escritório existem funções e responsabilidades grandes que precisam de cuidado.


Por óbvio que a gestão da sua equipe e e empresa vai muito além das 4 dicas que te passarei aqui! Mas acredito verdadeiramente que serão fundamentais para que você comece o escritório da maneira mais alinhada e se já possui um escritório e está perdido com a parte da gestão: espero que as dicas te ajustem para o "trilho" da organização.


Fiz um vídeo falando das 4 dicas que você pode assistir e inclusive comentar sua opinião sobre as dicas e compartilhar algo interessante sobre a sua experiência.



1. Separe a conta pessoal da conta do seu escritório.


É comum que muitos advogados, principalmente os que atuam de forma autônoma e sozinhos, acabem misturando a conta bancária pessoal da conta bancária do escritório.


Antigamente contas bancárias tinham um custo considerável para se manterem abertas, hoje em dia você encontra diversos bancos online que não te cobram NADA para ter sua conta em pleno funcionamento, sendo assim não há justificativa alguma para não separar suas contas.



2. Divulgação do seu nome e do seu escritório de acordo com as normas da OAB.


Muito se fala em marketing jurídico, acontece que tudo deve ser realizado com cuidado e segurança.


Uma "propaganda" do seu nome mal feita, ou desrespeitando o que o código de ética e disciplina traz como regra, pode te custar sua carreira, sua profissão.


Então para você que precisa divulgar o seu nome a 1ª tarefa é: Leia o código de ética e disciplina da OAB inteiro e com muita atenção.



3. Encontre um bom contador.


O serviço de contabilidade é fundamental para o seu negócio.


Você precisará de alguém que vai te ajudar a pagar os tributos de forma correta e manter suas questões fiscais alinhadas com as normas municipais e federais.


Minha dica aqui é: Procure empresas de contabilidade online, hoje existem serviços de alta qualidade e com um valor de investimento super adequado para quem está começando um negócio.


Por fim:


4. Saiba o valor do seu trabalho e redija bons contratos de honorários.


Tão importante quanto saber fazer uma bela petição inicial é saber fazer um bom contrato de honorários.


Confesso que nada é melhor que o tempo e que suas principais experiências para deixar o seu contrato de honorários perfeito! Sem dúvida alguma meu primeiro contrato de honorários (que peguei em algum modelo na internet) era tão ruim, mas tão ruim que eu tenho até vergonha de falar sobre ele.


Você precisa saber precificar a sua hora, o seu trabalho e compreender o ganho econômico que você entrega ao seu cliente com o serviço que presta...


Analisar todos os serviços que costuma ser contratado e verificar se o valor que cobra está de acordo com o valor que seu escritório gasta para que aquilo seja feito. O que percebo hoje é que muitos profissionais acabam enchendo suas agendas de clientes que não trazem qualquer lucro para o advogado. Tome cuidado com isso!


Em um dos módulos do meu curso de GESTÃO DE ESCRITÓRIO eu falo exclusivamente desses cálculos que precisamos fazer e analisar para ofertar nossos serviços para um possível cliente, afinal de contas o objetivo sempre deve ser em atrair clientes e contratos lucrativos para o seu escritório.


Espero que tenha gostado do conteúdo e veja o vídeo para aprofundar um pouco mais a sua análise. ;)



Não esquece de clicar aqui no coração abaixo, é muito importante pra mim!

Até logo


0 visualização

Rezende & Gonçalves Cursos Ltda. 

CNPJ 33.026.198/0001-31

Rua Rio Grande do Norte, n 1436, sala 1409 - Funcionários - Belo Horizonte/MG

apoio@marianagoncalves.com.br

Contato para suporte: (31)99928-7004

Ler políticas de troca, devolução e reembolso dos Cursos online